A Clínica Estomaplast realiza tratamentos com foco em responsabilidade social e no atendimento a pacientes com feridas, úlceras de perna (venosa, mista, arterial), úlcera por pressão, lesões em pés diabéticos, deiscência, cuidados com estomias e incontinência urinaria.

Acompanhamos e indicamos as condutas terapêuticas de produtos para saúde e a utilização de terapia com hidrozonioterapia. Trabalhamos também com a capacitação de profissionais da área da saúde de diversas instituições, informando sobre novas tecnologias no cuidado das complicações já listadas acima e como utilizar os produtos de maneira adequada.

Nesta página vamos apresentar alguns de nossos tratamentos realizados em atendimento domiciliar e na própria Clínica Estomaplast, acompanhados por um especialista em Estomaterapia, mostrando a evolução dos cuidados nos tratamentos de lesões e estomas com suas diferentes patologias e complicações.

Todos os casos divulgados nessa pagina tem autorização dos pacientes e cuidadores, é expressamente proibida a reprodução dos mesmos sem autorização da Estomaplast.

Deiscência Abdominal

M.X.S.F, Sexo femenino, 54 anos, natural e procedente de Minas Gerais, com 2 grau completo, casada, evangélica. Paciente submetida a cirurgia de hérnia inguinal, evoluiu com complicações seguido de infecção e deiscência da sutura. A mesma fez uso de antibióticos para controlar a infecção, estava em atendimento domiciliar pelo PSF( programa saúde da família). Foi realizado antibiograma e biópsia , apresentando resultado para Proteus mirabilis.
Como tratamento foi realizado vários desbridamentos cirúrgicos, seguido de coberturas com curativos tradicionais. Para otimização do processo cicatricial houve a solicitação de um estomaterapeuta particular.
Iniciou o tratamento na Estomaplast em janeiro de 2014, com término em Junho de 2014.

Duração do tratamento: 5 meses

PROPOSTA TERAPÊUTICA:

Limpeza da lesão:

  • Solução PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Gel PHMB (Polihexametileno guanidina);

Curativos primários:

  • Gel PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Espuma de poliuretano com alginato de cálcio e prata;
  • Gaze não tecido;

Curativos Secundários:

  • Gaze não tecido;
  • Algodonado;
  • Fita microporosa.

EVOLUÇÃO EM 5 MESES

Erisipela

A.L.S.S, 89 anos, sexo feminino, do lar, residente em São Paulo – SP, atividades diárias preservadas. Portadora de HAS (Hipertensão Arterial Sistêmica) e DP (Doença de Parkinson).

Paciente encontrava-se com erisipela em membro inferior direito. Ao exame físico constatou-se pele com erupções cutâneas, ressecamento, eritema, hiperemia e edema. Paciente com aparente bom estado nutricional.

Duração do tratamento: 2 semanas

PROPOSTA TERAPÊUTICA:

Limpeza da Lesão:

  • Hidrozonioterapia;
  • Solução PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Desbridamento mecânico.

Curativos primários:

  • Gel PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Membrana de celulose bacteriana porosa.

Curativos Secundários:

  • Terapia Compressiva inelástica (Bota de Unna)
  • Bandagem secundária (Atadura de crepe).

EVOLUÇÃO EM 2 SEMANAS

Úlcera Venosa

D.S.G, 82 anos, sexo feminino, do lar, residente em Mauá – SP.  Portadora de DM (Diabetes Mellitus), HAS (Hipertensão Arterial Sistêmica) e arritmia cardíaca. Fazendo uso de furosemida e cloridrato de amiodarona. Ao exame físico, deambulação prejudicada, verificou-se uma inadequada perfusão tecidual periférica em membro inferior direito, pulso pedioso presente, regular e filiforme. Lesão medindo ↨13,0 cm X ↔7,0 cm, apresentando necrose tecidual coagulativa em tendão de calcâneo, bordas aderidas ao leito, exsudato moderado de cor amarelada, odor característico e edema. Ao doppler dos membros inferiores não foi diagnosticado obstrução arterial. Concluiu-se que a lesão foi decorrente de problemas vasculares evoluindo para uma úlcera venosa isquêmica (fig. 1).

Duração do tratamento: 23 semanas

Conduta de tratamento do dia 04/06/2016 a 22/06/2016

PROPOSTA TERAPÊUTICA:

Limpeza da Lesão:

  • Hidrozonioterapia
  • Solução PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Desbridamento mecânico e instrumental.

Curativos primários:

  • Creme barreira;
  • Gel PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Hidrogel Armofo;
  • Membrana de celulose bacteriana porosa;
  • Pasta Amorfa de Alginato de prata;
  • Hidroalginato com prata não aderente.

Curativos Secundários:

  • Terapia compressiva inelástica (Bota de Unna);
  • Bandagem secundária (Atadura de crepe).

OBS: Paciente fez uso de diversas terapias durante o tratamento

EVOLUÇÃO EM 23 SEMANAS

Úlcera Venosa em MID

R.M.S, 61 anos, sexo feminino, viúva, residente em São Paulo – SP, portadora de HAS (Hipertensão Arterial Sistêmica), insuficiência venosa em membros inferiores, fazendo uso de hidrocloratiazida e venaflon. Paciente com lesão em membro inferior direito (úlcera venosa infectada), fazia tratamento em uma Unidade Básica de Saúde no interior do Paraná, quando após uma indicação de amputação recorreu a cidade de São Paulo. A mesma iniciou o tratamento na Estomaplast dia 23/01/2016, encontrava-se com dor intensa, dificuldade para deambular, edema, lesão com hiperqueratose, bordas aderidas, exsudato purulento em grande quantidade.

Duração do tratamento: 10 semanas

Conduta de tratamento do dia 23/01/2016 a 12/11/2016

PROPOSTA TERAPÊUTICA:

Limpeza da Lesão:

  • Hidrozonioterapia;
  • Solução PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Desbridamento mecânico e instrumental.

Curativos primários:

  • Creme barreira;
  • Gel PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Espuma de Poliuretano com alginato de cálcio e prata;
  • Hidroalginato com prata não aderente;
  • Pasta Amorfa de Alginato de prata;
  • Membrana de celulose bacteriana porosa;

Curativos Secundários:

  • Gaze algodonada;
  • Gaze não tecido;
  • Terapia compressiva elástica;
  • Terapia compressiva inelástica (Bota de Unna);
  • Bandagem secundária (Atadura de crepe).

OBS: Paciente fez uso de diversas terapias durante o tratamento

EVOLUÇÃO EM 10 MESES

DEPOIMENTO RAIMUNDA

Úlcera Venosa Mista

F.B.M., 64 anos, sexo feminino, do lar, residente de São Bernardo do Campo – SP. Portadora de Hipotireoidismo e Osteoporose.

Em dez/2016 paciente relata início de edema importante em membro inferior direito, surgindo ferida na face interna do membro e apresentando muita dor. Procurou a Estomaplast em 28/12/16 iniciando o tratamento. Na primeira avaliação apresentava edema e dermatite ocre em membro inferior direito, uma úlcera venosa com bordas aderidas, recoberta por necrose seca, exsudato purulento em quantidade pequena e queixa de dor. Realizado doppler dentro da normalidade.

Duração do tratamento: 12 semanas

PROPOSTA TERAPÊUTICA:

Limpeza da lesão:

  • Hidrozonioterapia;
  • Solução PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Desbridamento mecânico e instrumental.

Curativos primários:

  • Gel PHMB (Polihexametileno guanidina);
  • Espuma de poliuretano com alginato de cálcio e prata;
  • Membrana de celulose bacteriana porosa.

Curativos Secundários:

  • Terapia Compressiva inelástica (Bota de Unna);
  • Bandagem secundária (Faixa crepe).

EVOLUÇÃO EM 3 MESES

Úlcera Traumática

M.I.L.F, sexo feminino, 54 anos, natural da Bahia, residente em Diadema-SP, Viúva e do lar.
Paciente relatou que a três anos, um espelho caiu sob o MID( face posterior próxima do calcâneo), do trauma evoluiu para uma ferida extensa e desde então realizou vários tratamentos com orientação médica sem melhora.
Encontrou a clínica Estomaplast por pesquisa na internet e iniciou seu tratamento dia 18/02/2017.
Na avaliação inicial, paciente referia muita dor na manipulação e dificuldade para deambular.
Ferida infectada com odor presente e exsudato moderado.
Tratamento realizado em 2 etapas.

Duração do tratamento : 4 semanas – início dia 18/02/2017 e término 18/03/2017.

PROPOSTA TERAPÊUTICA:

Limpeza da lesão:

  • Hidrozonioterapia;
  • Desbridamentos mecânico;
  • PHMB solução ;
  • PHMB em Gel;

Curativos primários:

  • Espuma de poliuretano com alginato e prata;
  • Membrana de celulose bacteriana;
  • Gaze não tecido;

Curativos Secundários:

  • Terapia inelastica ( Bota de Una);
  • Atadura de tecido.

EVOLUÇÃO EM 1 MESES